Pular para o conteúdo

A arte final não inclui a marca d’água do NutriPosts.

[product_navigation]

Post 271

R$5,50

Este conteúdo faz parte do site NutriPosts. A cópia e uso (total ou parcial) sem a respectiva compra constitui USO INDEVIDO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, passível de punição nos termos da lei, incluindo multa e detenção. Seu IP foi registrado e poderá ser utilizado para fins legais em caso de uso indevido deste conteúdo.
– Este é um post de conteúdo. As cores da imagem e a posição da sua personalização são exatamente as mesmas que você vê nesta amostra.
– A arte é entregue em arquivo de imagem (JPG), 100% pronta (não-editável), sem a marca d’água do NutriPosts.
– Os posts não são entregues sem personalização.

Texto com 301 palavras

É inegável que a comida é uma fonte de prazer. Porém, para muitas pessoas, ela ganha uma função extra, como uma espécie de “válvula de escape” para lidar com as emoções, especialmente as situações de estresse ou ansiedade. É a chamada Fome Hedônica: a busca por prazer na comida como uma “compensação” para as emoções negativas.

Normalmente os alimentos buscados nessas situações são ricos em carboidratos e gorduras e açúcares. Por isso, quando este comportamento se torna um padrão, pode haver ganho de peso e desenvolvimento de obesidade, distúrbios metabólicos, hipertensão, diabetes, além de poder evoluir para a compulsão alimentar.

Pessoas com esse padrão de comportamento precisam de acolhimento e tratamento, geralmente de forma multidisciplinar, envolvendo nutricionista, psicólogo e, em certos casos, também o médico psiquiatra.

O primeiro passo para lidar com a fome hedônica é aprender a identificar seus gatilhos e diferenciá-la da fome real. Ela pode, por exemplo, ter sua origem em um hábito familiar transmitido inconscientemente e que remete à sensação de conforto. Pode também ser motivada pela necessidade de desviar o foco de alguma emoção negativa ou de preencher um “vazio” que a pessoa tenta suprir com a comida e com a sensação de cuidado que ela oferece.

Ainda que a intenção seja boa, o efeito é negativo. É preciso cuidar dessas emoções, para que a pessoa possa se reequilibrar e voltar a se alimentar com prazer, mas de forma comedida e inteligente, sem atribuir à comida uma função que não lhe cabe.

Consulte o seu nutricionista se você percebe um comportamento deste tipo. Com a orientação adequada, ficará mais fácil diferenciar a fome física da emocional e criar caminhos mais saudáveis para que você volte a se relacionar de forma equilibrada não só com a comida, mas também com as suas próprias emoções.

#fomehedonica #nutricaoeparavivermelhor #comeremocional #compulsaoalimentar #nutricionista #ajudanutricional

É inegável que a comida é uma fonte de prazer. Porém, para muitas pessoas, ela ganha uma função extra, como uma espécie de “válvula de escape” para lidar com as emoções, especialmente as situações de estresse ou ansiedade. É a chamada Fome Hedônica: a busca por prazer na comida como uma “compensação” para as emoções negativas.

Normalmente os alimentos buscados nessas situações são ricos em carboidratos e gorduras e açúcares. Por isso, quando este comportamento se torna um padrão, pode haver ganho de peso e desenvolvimento de obesidade, distúrbios metabólicos, hipertensão, diabetes, além de poder evoluir para a compulsão alimentar.

Pessoas com esse padrão de comportamento precisam de acolhimento e tratamento, geralmente de forma multidisciplinar, envolvendo nutricionista, psicólogo e, em certos casos, também o médico psiquiatra.

O primeiro passo para lidar com a fome hedônica é aprender a identificar seus gatilhos e diferenciá-la da fome real. Ela pode, por exemplo, ter sua origem em um hábito familiar transmitido inconscientemente e que remete à sensação de conforto. Pode também ser motivada pela necessidade de desviar o foco de alguma emoção negativa ou de preencher um “vazio” que a pessoa tenta suprir com a comida e com a sensação de cuidado que ela oferece.

Ainda que a intenção seja boa, o efeito é negativo. É preciso cuidar dessas emoções, para que a pessoa possa se reequilibrar e voltar a se alimentar com prazer, mas de forma comedida e inteligente, sem atribuir à comida uma função que não lhe cabe.

Consulte o seu nutricionista se você percebe um comportamento deste tipo. Com a orientação adequada, ficará mais fácil diferenciar a fome física da emocional e criar caminhos mais saudáveis para que você volte a se relacionar de forma equilibrada não só com a comida, mas também com as suas próprias emoções.

#fomehedonica #comeremocional #compulsaoalimentar #nutricionista #ajudanutricional

R$5,50

[product_navigation]

O que vou receber ao fazer uma compra?

Cada um dos posts inclui:

1. Arte com imagem em alta resolução, personalizada com seu nome e seus dados. A arte final não conterá a marca d’água, nem qualquer referência ao NutriPosts.

2. Texto/Descrição, com informações confiáveis, de alta qualidade e fácil leitura. Conteúdo profissional, com um toque divertido sensível e inteligente, que vai encantar quem ama pets! Média de 300 palavras por texto. Você poderá editá-los, se desejar.

3. Hashtags relevantes, para você se destacar, mesmo para quem ainda não é seu seguidor. Você também poderá editar suas hashtags, se desejar.

Quando vou receber meus posts personalizados?

Após sua compra e confirmação do pagamento, nossa equipe entrará em contato com você para definir a personalização dos seus posts, em até 1 dia útil. Você poderá adicionar sua logomarca (veja as especificações) ou seu nome, CRMV e telefone. Definida a personalização, ela será aplicada a todos os posts comprados por você.

Você receberá, então, um e-mail com todos os posts personalizados, seus respectivos textos e hashtags. Pronto! Você poderá postar nas redes sociais que desejar. Veja este vídeo, que explica como passo a passo como fazer as postagens.

Lembre-se de postar com a maior frequência possível! Isto gera maior sua visibilidade, aumenta o número de potenciais seguidores e favorece o engajamento deles com seu conteúdo!

Na Quinzena Black, de R$ 288
R$ 144,00
Seus seguidores e pacientes vão adorar seus eBooks!
//